Para AMAR novamente

Como escreveu Michel Foucault:
“Não me pergunte quem sou e não me peça para permanecer o mesmo.”
Seguindo esse preceito vivo a mutação no amor.
Por vezes parece que a loucura me ronda mas eu escapulo.
E o que amor que se foi, tornou-se uma faísca que me impulsionou para o novo.
Algumas pessoas permitem-se a diferentes entregas.
Elas vão desde um novo amor para: uma nova cidade, um novo tempo, um novo emprego, um novo amigo.
É possível que essa transcendência seja melhor ou pior, não importa, já é legal porque é diferente, é novo.
Mas para amar novamente é preciso primeiro amar a si mesmo.
É preciso conhecer os próprios abismos e não contar em encontrar no colo do outro um paradeiro para as suas quedas.
É preciso aceitar os próprios defeitos e acolher com zelo de mãe a dúvida de não saber-se junto ao peito.
É preciso encontrar um meio de sorrir mesmo quando a tempestade se anuncia.
Para amar novamente  é preciso um bocado de alegria e tardes vazias para serem preenchida com beijos estalados e colheradas de cheesecake.
É preciso aceitar que o outro existe independentemente de você e que você existe independentemente dele.
É preciso jogar no lixo toda e qualquer vaidade ou necessidade interessada em controlar o incontrolável: a vida do outro.
Para  amar novamente é preciso um bocado de inteireza e beleza nos olhos para não punir as manhãs que despertam cinza.
É preciso não culpar o outro por nossas falhas e faltas.
Para amar novamente é preciso falar baixo, porque o amor, como os passarinhos, foge diante de qualquer grito.
Para amar novamente é preciso amar sem esperar nada de retribuição.
Para amar novamente é preciso estar inteiro, porque quem ama a ilusão de que o outro é a parte que faltava, não ama de amor, mas sim a idéia de estar completo.
E só ama bem e novamente, aqueles que sabem que o amor não é um encontro, mas um acontecimento
Anúncios
  1. #1 por Expedito em 9 de fevereiro de 2010 - 18:32

    Nada como estar apaixonada:)

  2. #2 por Thiago em 9 de fevereiro de 2010 - 18:35

    eee ta iludida mesmo..

    =D

  3. #3 por vini em 9 de fevereiro de 2010 - 19:55

    é… eu tô na fase pré, que tenho q arrumar um moooooooonte de coisa para poder amar. se é que isso é possível rs rs.

  4. #4 por Álefe em 9 de fevereiro de 2010 - 21:04

    Não creio que seja ilusão. O amor é real! Só ama quem tem coragem! Quem não ama, não ama por medo. Medo de enfrentar a sí próprio!!

    Bjokas, minha querida!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: