“… minhas representações, meus papéis.”

Somente meus olhos permanecem abertos neste instante.

O ano começou, e já são 4h da madrugada de uma quinta-feira de Janeiro.

Todos dormem seus tranquilos sonos, enquanto termino uma de minhas intermináveis tarefas: escrever minhas sentimentalidades.

A solidão de momentos assim fazem-me pensar no quanto a covardia me faz assentir por puro narcisismo.

Penso na desordem de minha alma, meu corpo, meu coração, minha cabeça…enfim.

Penso em minhas várias atuações e representações.

E me defino como um papel.

Papel daqueles que estão guardados.

Daqueles que foram queimados.

Dos que foram rasgados por outras pessoas e deixaram de existir.

Dos que foram jogados fora com ou sem minha permissão.

Dos que guardam meus segredos e não os contam a ninguém a menos que eu os deixe perdidos por aí.

Dinovo, penso nos meus vários papéis…

Aqueles que tem anotados meus planos.

Aqueles que registram timidamente meus sonhos.

Aqueles que dizem o que sinto, o que quero, o que espero de quem faz parte da minha vida.

Repenso em meus vários papéis…

Aqueles que tem marcados minha lágrimas.

Os que retratam trechos das minhas canções preferidas ou mesmo as poucas receitas que sou capaz de fazer.

São os papéis que me representam para dizer o que sou e sinto.

Se eu jogá-los ao vento, o vento saberá quem sou.

Se eu deixá-los nos caminhos por onde passo, os caminhos saberão onde pretendo chegar.

Se eu entregá-los ao mar, o mar entenderá cada uma de minhas lágrimas.

Se eu apresentá-los ao sol, o sol saberá o quanto eu fui capaz de brilhar.

Se eu apresentá-los à lua, a lua terá certeza do quanto sou capaz de amar.

E se eu entregá-los a Deus, independente do que esteja escrito nestes papéis, é certo que Ele me amará, me perdoará e me dará quantas chances ainda forem necessárias.

Eu sei, sim eu sei!

Essa é uma das poucas certezas por agora.

Mas e as pessoas que convivem comigo, o que sabem sobre mim?

Talvez bem menos que cada um dos papéis que passaram por minhas mãos.

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: