“O Nosso Amor A Gente -Inventa- Pra Se Distrair?”

Não há nada para te dizer porque ainda não sei como dizer.

O jeito de dizer.

Ou o que eu quero dizer.

Tenho dias de verborragia e silêncio, como qualquer um.

Momentos de clareza e momentos de confusão como qualquer outro.

Ouço segredos de amigos.

Compartilho amores e ilusões.

Dou risada e aplaudo de pé.

E também me calo diante daquilo que não me provoca.

Daquilo que não me move.

De tudo o que não me importa.

E eu procuro me importar com os mínimos de cada um porque deles brotam a confiança, o cuidado, o carinho, a via de duas mãos.

 E eu não sei o que virá.

Eu não sei o que existe entre.

Mas hoje optei por saber das flores.

E do meu compromisso.

Porque sobrevivo ao vai e vem da alegria.

Aquela alegria que aparece quando encontramos o amor da nossa vida.

E o nosso amor é tão bonito.

O teu amor é tão bonito.

E hoje já chorei bastante, demais.

Por esse amor bonito.

Pelo duvidoso começo dessa história.

Pelo meio.

Pelo fim de semana.

Por ontem.

Por agora.

Pelo que vai vir.

“E por todas as pessoas que conseguiram um dia se sentir assim como eu me sinto agora.”

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: