– O Excesso de DOM, por Fabrício Carpinejar –

Não confio no final feliz da história de amor.

A maioria não tem nem final.

Até porque ninguém acredita que terminou.

Continua a se viver ou por um milagre, na expectativa que um dos dois quebre o pacto educado do silêncio, ou por hábito, o que nos empurra para frente são o trabalho, as necessidades dos filhos, o amparo curativo dos amigos.

Meu romance foi terrivelmente bonito.

Tão bonito que não existe rascunho.

Tentaremos narrar, surgirão fragmentos desconexos, vamos nos emocionar e lembraremos agora da raiva.

A raiva de não estarmos mais juntos.

Uma raiva sem culpados, mas com dois mortos.

E um morto não pode enterrar o outro.

Não sei quanto tempo ficaremos ao relento.

O mar talvez nos puxe por compaixão.

Por favor, não me pergunte nada dela hoje.

Não pergunte nada de mim para ela hoje.

Reinará o ódio.

Por trás dele, de todas as brigas e rumores, dos temperamentos incompatíveis, sobrevive uma ternura incontrolável, um amor genuíno e violento.

Eu direi absurdos de seu comportamento, para aceitar que tomei a atitude adequada.

Ela repetirá crueldades do meu posicionamento para se tranqüilizar.

Terei meus motivos e ela, seus motivos, e nunca aceitaremos que as explicações não dão conta do mistério.

Somos muito menores do que aquilo que vivemos juntos.

A incompreensão será o nosso complexo de inferioridade.

Formamos um enigma.

Não é possível fazer resumo de impressões, o raciocínio se esvai nas primeiras estocadas: por que nos encontramos?

Por que tentamos nos entender?

Por que trocamos sacolas de pertences na despedida se não nos pertencemos mais?

Para nós, não havia diferença entre o raso e o profundo, tudo era mergulho.

Tudo sempre foi mergulho.

Um excesso de dom.

Não confio em final, mas não contesto o começo.

Sou realmente seu par.

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: