– Meu Lado Frio –

Existem dias que é preciso vestir a roupa de adulto e atravessar a rua segurando bem forte a mão da vida.
Não dá para se esconder ou fugir.
Defino assim: crianças fogem, adultos encaram.
Criança foge do escuro e acende a luz.
Foge do medo e pula no colo da mãe.
Foge do castigo e mostra a língua para o irmão, implicando.
Adulto tem que encarar, a gente aprende desde cedo que fugir é feio, ruim.
Fugir é infantil.
Por isso, todo adulto é forçado a aguentar, dormir, acordar e continuar.

Acho que todo mundo precisa de esconderijo.

Não fujo, mas vez em quando me escondo porque preciso da minha paz, preciso ler minhas frases silenciosas.
Palavra pra mim é a coisa mais séria e bonita que existe.
Preciso delas ao meu lado, sublinhadas.
Tenho esse lado infantil de correr para o colo da mãe, acender a luz do corredor e não caminhar no escuro.
Gosto da luz, do mundo claro.
Em compensação, amo noites e estrelas.
Esqueci de crescer em um aspecto: sou muito boa para quem eu gosto.
Para esses, o mundo.
Amo abraços, dar presentes, fazer agrados, segurar a mão, o coração, segurar a barra.
Quando eu gosto me entrego demais.
Quem eu levo comigo, entenda, levo no peito, num duplex com vista para o mar.
Mas nem todo mundo é santo, muito menos eu.
Sei ser suja e má: e por favor, não pague para ver.
O preço é alto, eu faço birra, bato o pé, fico de bico.
Fica escrito na minha cara: eu gosto/não gosto de você – não sei disfarçar.
Sou franca e falo o que penso, deve ser por isso que vivo com  marcas roxas.
A gente cai muito quando tem correndo nas veias a sinceridade.
Nem sempre sei a hora de falar as coisas, em contrapartida nem sempre eu falo tudo.
Será que você entende?
Tenho medo de ferir com as palavras.
Na verdade, morro de medo disso.
 
Então, eu fico escondendo de você que às vezes faz um frio danado aqui dentro.
E escondendo que sou: passional, mimada, ansiosa, caprichosa e escandalosa!
Ah, você me definiu bem: sou estranha...
Mas contigo estou acertando o caminho.
Passei a não seguir setas.
Passei a desrespeitar minhas insanas placas de aviso.
E estou feliz, muito feliz!
Carrego em mim – nesse instante – um estágio do AMOR que nunca vivi.
Anúncios
  1. #1 por Canivete em 8 de abril de 2010 - 13:16

    amiga, até parece eu escrevendo. como somos parecidas. lindo o texto. lindo de verdade.
    saiba que estou bastante feliz por você levar todo esse amor dentro de você.
    te amo. e você sabe disso.

  2. #2 por LeaRavache em 8 de abril de 2010 - 13:18

    É issaê!!! Bom texto! Parabéns! beijomeu

  3. #3 por Alessandro em 13 de abril de 2010 - 11:43

    “Meu lado frio”… título forte… aliás, forte como vc!!!

    Estava em falta por aqui… me faltava ler o que vc tem escrito, coisas que tbm tenho passado, mas sem colocar no papel, sem transformar em frases!!!

    Assim como vc, me entrego muito… penso que até demais… mas sou assim (somos assim, né?), nos entregamos, rimos, choramos, abraçamos, beijamos… tudo isso com uma intensidade ímpar!!!

    E ai, as vezes o frio bate… aquela insegurança, o medo de se jogar assim no desconhecido… e ao mesmo tempo, vem a vontade de experimentar, de fazer com que dê certo!!! E novamente paramos e pensamos: “e se toda esta vontade só vem do meu lado?”… pânico, pânico, pânico!!!

    A gente se recolhe, lemos nos versos em silêncio, entramos na nossa escuridão reflexiva… e logo depois ressurgimos, com força, fé, esperança… e com todos aqueles pensamentos lá no fundo, bem guardados… aliás, deveríamos jogá-los fora, né?! Para que, ficar guardando isso…

    E ai, fecho o pensamento com o que vc já colocou… “somos estranhos”!!! Muito estranhos… mas dessa nossa estranhesa, somos felizes… afinal, quem não é estranho?? Ou seria, quem não tem a coragem de se declarar um estranho??

    Acho que não ter coragem de se declarar um estranho é a mais fácil… nos temos esta coragem!!! Parabéns a nos!!!

    Beijomeu!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: