– Anderson –

Uma paixão aqui, um quase-amor ali.

Ainda bem que existem amigos para amar, abraçar, sorrir, cantar, escrever em recibos e tirar fotos bonitas.

E a vida segue.

Feliz.

Sua imaginação te preenche, seus amigos te dão colo, vodka e dias incríveis.

Aí do nada ele surge. ELE.

Ele que é diferente de tudo.

Ele que é tudo.

Mas tudo não existe.

Ele sim.

Ele existe.

E gosta de música romantica, de praia, de palavras simples e café na cama.

Ele que é lindo.

Vocês estão ouvindo?

LINDO!

Infinitamente lindo por dentro.

Que tem sonhos molhados, planos no varal e o coração atirado na mala.

Ele que não se parece com nada.

Ele que combina comigo.

E não tem medo.

Será que estou sonhando?

ELE NÃO TEM MEDO! (…)

E eu sinto que quero estar com ele.

Agora.

Quero viver com ele na casa de armário pequeno, ter uma filha que não se chama Maria e viver de amor.

Sem medo.

Sem planos a longo prazo.

Vou viver e ser.

Vou viver, ser e amar.

Vou viver, ser, escrever e amar.

Com ele.

Até o fim.

(Por Martha Medeiros)

Anúncios
  1. #1 por Anderson Martiniano de Souza em 19 de maio de 2010 - 18:48

    Que tem sonhos molhados, planos no varal e o coração atirado na mala.

    Como poderia alguém me descrever tão bem, numa única frase?

    Te amo!

  2. #2 por LeaRavache em 19 de maio de 2010 - 19:12

    que lindo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: