Declarações em um dia muito quente…

Anderson,

Eu não menti cada vez que lhe disse que és o homem mais lindo do mundo.

Sempre fui uma mulher com sorte, mas isto é ridículo.

Sempre pensei que minha vida estava fechada no que diz respeito a revoluções.

 E que com o passar do tempo, a idade e as oportunidades que me foram reservadas concluíssem o ramalhete de convulsões a que eu tinha direito.

Mas não.

Agora você (que diz coisas que já ouvi mas que me soam completamente novas), tal é a lonjura que está de toda normalidade.

Ter-te ao meu lado, é como ter filhos.

E depois disto poderei morrer de barriga cheia, com um sorriso de tanta superioridade que não pouparei ninguém à inveja.

Apaixonares-te por mim é quase uma irresponsabilidade porque, entre outras coisas, és meu homem definitivo.

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: